Olá,

A apresentadora Kyle Dyer levou um susto nesta quarta-feira (08) quando apresentava seu programa de TV em Denver, nos EUA. Ela fazia uma entrevista ao vivo e foi atacada por um cachorro enquanto acariciava o animal.

Kyle foi levada às pressas para o hospital, onde passou por uma cirurgia reconstrutiva de sua face. Ela trabalha na emissora há cerca de 15 anos e precisará ficar afastada por algumas semanas enquanto se recupera.

O cão chamado Warrior Maximus (algo como Guerreiro Máximo) e conhecido como Max, é da raça masfiff argentino. Como o animal não está com as vacinas em dia, foi enjaulado por oficiais do controle de animais, assim que aconteceu o incidente, e ficará em observação por dez dias para que se tenha certeza de que ele está saudável. Seu dono, Michael Robinson foi multado por isso e por não mantê-lo com a focinheira. 

Max estava “sendo entrevistado”, pois há alguns dias sobreviveu a um resgate angustiante, quando caiu em uma lagoa congelada. “Kyle estava feliz, ela adora animais”, contou Gary Shapiro, colega de trabalho da apresentadora. “Max e seu dono ficaram por cerca de 45 minutos na redação antes de irem ao ar. Muitos membros da equipe cumprimentaram os dois e acariciaram o animal. Ele parecia perfeitamente normal”, emendou. 

Ao comentar sobre o ocorrido com a colega em sua página no Facebook, o Sr. Shapiro foi surpreendido com inúmeros, muitos enviando mensagens de melhoras à Kyle e outros dizendo que a entrevistadora estava irritando o cão. “O cachorro foi apenas um cachorro, se defendeu de uma situação estressante. Ela não deveria ter tentado beijá-lo”, disse um dos internautas.

Vejam a quantidade descontrolada que o dono e a apresentadora passam as mãos na cabeça do cachorro… Ele se irritou!!!

Esta situação me lembrou aquelas pessoas que quando vê um bebê ou uma criança ficam apertando as bochechas delas e quando elas se irritam acham ruim.

Fonte: Virgula