Olá,

Dr. Conrad Murray está pedindo ao juiz para negar a indenização a favor da família de Michael Jackson em relação à morte do cantor, por motivos que MJ causou sua própria morte.

Conrad Murray

O TMZ conseguiu obter os documentos oficiais apresentados pelo o Dr. Murray no dia de ontem, 09/01/12, pedindo às provas que ele nunca recebeu da defesa durante o julgamento, são elementos que podem mostrar que Michael administrou em si mesmo a dose fatal de Propofol.

O Advogado do Dr. Murray, Michael Flanagan, argumentou que a decisão de quanto à família irá receber de indenização é apropriado considerar a responsabilidade da vítima por sua própria morte.

Então, Dr. Murray vai admitir que tem parte da culpa, pois ele não pode argumentar ao contrário, devido à condenação, mas ele ainda quer provar em última análise que MJ causou sua própria morte.

A promotoria está pedindo cerca de US$ 100 milhões em indenização, mas o juiz não decidiu sobre isto. 

Mais uma vez a situação pode ser definida, se Flanagan fizer o pedido e o juiz aceitar as provas, o juiz pode decidir que MJ é 50% responsável por sua morte, o juiz poderá reduzir a indenização do médico em 50%.

Independente de quanto o juiz irá estipular de indenização, ele nunca irá conseguir pagar, afinal nem médico mais ele é, não está trabalhando, está preso… A não ser que ele saia da cadeia e assalte o primeiro banco pela frente e corre o risco de ser preso de novo… Totalmente sem lógica este processo!!!

Sei que muitos não se conformam com a “morte de MJ” e querem “ferrar” o medico, mas ele já está condenado para o resto da vida dele…

Lyllyan

Fonte: TMZ