Olá,

Em sua lista dos 50 melhores discos de 2011, a revista “Rolling Stone Brasil” alçou Criolo e Adele nos destaques do ano que passou. A seleção dos álbuns nacionais e internacionais está na edição de janeiro, que chega às bancas nesta quinta-feira (5).

Entre os melhores lançamentos no Brasil, Criolo lidera a lista com elogiado “Nó na Orelha”, o segundo de sua carreira. Em uma dobradinha de rap paulistano, Emicida vem em segundo lugar com “Doozicabraba e a Revolução Silenciosa”. O terceiro lugar é ocupado por Mallu Magalhães e seu “Pitanga”.

No cenário internacional, o ano foi mesmo da britânica Adele, que também teve seu álbum “21” eleito o melhor do ano pela pela edição norte-americana da “Rolling Stone”. No segundo lugar está Foo Fighters com “Wasting Light”, que traz participações de Krist Novoselic (ex-companheiro de Dave Grohl no Nirvana) e Bob Mould, do Hüsker Dü. Em terceiro lugar, PJ Harvey surge com “Let England Shake”, disco que marca a volta da cantora às suas origens com músicas inspiradas no folk inglês.

Veja os dez melhores álbuns nacionais e internacionais eleitos pela “Rolling Stone Brasil”:

Nacional

1º – Criolo – “Nó na Orelha”
2º – Emicida – “Doozicabraba e a Revolução Silenciosa”
3º – Mallu – “Pitanga”
4º – Kassin – “Sonho Devagar”
5º – Chico Buarque – “Chico”
6º – Marcelo Camelo – “Toque Dela”
7º – Boss in Drama – “Pure Gold”
8º – Karina Buhr – “Longe de Onde”
9º – Autoramas – “Música Crocante”
10º – Fábio Góes – “O Destino Vestido de Noiva”
 
Internacional
1º – Adele – “21”
2º – Foo Fighters – “Wasting Light”
3º – PJ Harvey – “Let England Shake”
4º – Noel Gallagher’s High Flying Birds – “Noel Gallagher’s High Flying Birds”
5º – The Black Keys – “El Camino”
6º – Arctic Monkeys – “Suck It and See”
7º – Jay-Z & Kanye West – “Watch the Throne”
8º – The Decemberists – “The King Is Dead”
9º – The Vaccines – “What Did You Expect from the Vaccines?”
10º – Danger Mouse and Daniele Luppi – “Rome”

Fonte: UOL