Olá,

Uma jovem teve queimaduras depois de ser submetida a um bronzeamento natural em um salão do bairro Monte Castelo, em Campo Grande. Após a reclamação, os serviços de estética oferecidos pelo estabelecimento foram suspensos na quarta-feira (28) pela Vigilância Sanitária.

Cliente sofreu queimaduras em sessão de bronzeamento em Campo Grande

Assim que fez uma sessão do bronzeamento natural —que é realizado a céu aberto, já que o método artificial está proibido–, a cliente relatou que apresentou dermatite e queimaduras pelo corpo. Ela registrou um boletim de ocorrência na Decon (Delegacia Especializada de Repressão aos Crimes contra as Relações de Consumo), que acionou a Vigilância Sanitária.

O salão já tinha passado por duas inspeções neste mês, nos dias 16 e 21, porque havia solicitado uma licença sanitária. Segundo a Vigilância, no dia 16 foi apreendido um óleo que não tinha registro na Anvisa (Agência Nacional de Vigilância Sanitária) no local. A dona do estabelecimento teria dito que o produto era de uso pessoal.

Ontem, equipes voltaram ao salão e lacraram as macas de tratamento estético porque a proprietária não apresentou a qualificação necessária para executar os serviços. Os tratamentos podem voltar ao normal, assim que ela apresentar os certificados de cursos realizados na área. Por enquanto, o salão de beleza continua em funcionamento.

A Decon vai apurar se houve negligência do estabelecimento durante a realização do procedimento.

É a primeira vez que ouço dizer em clínica de bronzeamento natural que cobra grana das pessoas… E ainda tem gente que paga por isto???!!! Pelo Amor a Deus!!! Saem desta!!!

Será que quem procura este tipo serviço não tem oportunidade de ficar sósia de um clube? Ir à piscina do condomínio? Ir à praia? Até mesmo usar laje de casa? Rs… Ah, para!!! Se for assim vou alugar o espaço que tenho para o povo tomar Sol… Rs

Não se esqueçam de usarem protetor solar e tomar Sol nos horários permitidos…

Fonte: Folha On-line