Olá,

A escritora Natércia Pontes, 31, não é contra enfeitar condomínios com temas natalinos. Mas considera a decoração de seu prédio na zona oeste de mau gosto.

Decoração de Natal em prédio de Perdizes (Daniel Marenco/Folhapress)

Seu prédio tem “presépio de tamanho desproporcional e um boneco de neve de pelúcia com um pirulito gigante na entrada”, descreve.

Para especialistas consultados pela Folha, o elemento decorativo mais comum são as lâmpadas. “A luz branca sempre chama a atenção, mas são tantas que outros detalhes se perdem”, opina Mario Saladini, professor de cenografia da Faap (Fundação Armando Álvares Penteado).

“Já vi usarem cortina toda azul, mas fica fúnebre, não é natalino”, avalia Edson Martins Felipe, especialista em adereços temáticos.

Para ficar em dia com as tendências da festa, não basta enfeitar o prédio apenas com lâmpadas que só aparecem à noite. Uma saída é investir em vermelho e dourado, sugere a decoradora Maria Emilia Morosini. “Quanto mais tradicional, mais agrada à maioria.”

A dúvida sobre o bom gosto da decoração do prédio é assunto fácil do lado de fora, mas nas dependências do condomínio vira tabu.

VERGONHA NO ELEVADOR
A Folha conversou com moradores insatisfeitos que não quiseram ter seus nomes publicados por temer constrangimentos com síndicos e vizinhos.

Eles afirmam que não foram consultados a respeito das escolhas dos enfeites e criticam o desperdício de eletricidade.

Mas não é bem assim. A decoração natalina é decisão coletiva, fruto de assembleias ordinárias de condomínio.

É indicado que sejam apresentadas três propostas de custos para votação ou que se forme uma comissão responsável pela decoração.

QUEM DECIDE?
– O uso ou não de decoração natalina deve ser votado em assembleia ordinária
– Pode ser formada uma comissão para escolher os enfeites utilizados
– Devem ser apresentados três orçamentos para aprovação pela maioria presente

SEM FAÍSCAS
– Em grades e portões devem ser usadas lâmpadas revestidas de mangueiras de borracha
– Por ser época de chuvas fortes, evite colocar objetos grandes no alto de fachadas, pois podem cair
– Os materiais usados devem ter certificação de qualidade, como a do Inmetro
– Não instale lâmpadas ou objetos nas proximidades da rede pública de energia
– Certifique-se de que todos os fios da iluminação na área externa estejam encapados e que não tenham emendas

 A decoração do meu condomínio também está péssima…

Fonte: Folha On-line