Olá,

Amigos do Dr. Conrad Murray – condenado a quatro anos de prisão pela morte do cantor Michael Jackson – teriam dito que ele recebeu a sentença de forma “surpreendentemente otimista”.

Médico foi condenado pela morte do cantor, em junho de 2009. Foto: Reprodução

De acordo com o site TMZ, o médico estaria aliviado, pois tudo “finalmente acabou”. Ele teria dito: “não se preocupe, estou bem, e estarei solto em breve”. Murray – que se recusou a testemunhar em seu julgamento – falou com amigos e familiares após a sentença. Segundo tais fontes, ele sabia que seria condenado a pena máxima.

Por isso, não se incomodava em tornar-se alvo das críticas do juíz do caso, Michael Pastor, principalmente após ter participado de um documentário – em que criticava Michael Jackson e não aceitava a sua suposta culpa na morte do cantor, afinal o Dr. Conrad Murray não se arrependeu por nenhum segundo de fazer o documentário porque ele queria que o público ouvisse o seu lado da história.

Bom, depois desta declaração  do médico “não se preocupe, estou bem, e estarei solto em breve”, nem vou escreve mais nada…

Lyllyan

Fonte: Terra