Olá,

Katherine Jackson disse que assim que Michael Jackson foi declarado morto imediatamente, sua filha Paris começou a chorar e dizendo: “Eu quero ir com você”. Isto de acordo com o Relatório Oficial de Liberdade Condicional obtido pelo TMZ.

1129_murray_report_ex

No relatório, Katherine dá uma bronca no Dr. Murray pelo seu documentário, no qual o médico coloca a culpa da morte de MJ sobre o cantor e não nele próprio.

O relatório consta: “Durante as filmagens, ele repetidamente afirma que ele não fez nada de errado. Katherine sente que isto acrescentou um insulto à injúria, e mostra que ele claramente não está arrependido.”

Katherine sente que uma sentença de 4 anos é “insuficiente”.

Katherine também disse que ela estava “profundamente ofendida”, que no aniversário da morte de Michael, o Dr. Murray deu um jeito de ser fotografado no cemitério.

De fato, o Dr. Conrad Murray brincou com a sorte!

Lyllyan

Fonte: TMZ