Olá,

Dr. Conrad Murray, médico considerado culpado pelo homicídio culposo – quando não há intenção de matar – de Michael Jackson, tem mais chances de ser atingido por um raio do que conseguir liberdade condicional. A notícia é do site Radar Online. No dia 29 deste mês, ele ouvirá do juiz do caso, Michael Pastor, sua sentença.

“O fato deo Dr. Murray ter sido preso logo após ser considerado culpado é um claro sinal de que o juiz está mais propenso a impor a pena máxima, que é de quatro anos na prisão”, declarou para o Radar Online uma fonte próxima ao caso.

Dr. Murray foi considerado culpado pela morte de Jackson após 23 dias de julgamento e deixou o tribunal, em Los Angeles, algemado.

O fato de as prisões na Califórnia estarem cheias pode fazer com que Murray, se condenado a pena máxima, possa cumprir metade em casa, porque o caso foi considerado um crime não violento.

Isto significa que ele ficará preso por dois anos e os outros dois em prisão domiciliar.

Lyllyan

Fonte: Correio da Bahia