Olá,

Jermaine Jackson, irmão do Rei do Pop, disse que está aliviado, assim como o resto de sua família, por Dr. Conrad Murray ter sido declarado culpado pela morte de Michael Jackson.

Segundo o veredito do tribunal e até que seja dita a sentença, foi provado que o médico injetou uma dose mortal de propofol no cantor e que, além disso, não o ajudou convenientemente.

Parte da defesa de Dr. Murray era baseada em alegar que Michael Jackson era um viciado em sedativo, no entanto, Jermaine saiu em defesa de seu irmão e insistiu que ‘Michael queria dormir, não morrer’, e alega que a autópsia revelou que o artista não tinha rastros de medicamentos em seu organismo, a não ser o anestésico administrado por Dr. Murray.

“Aliviados sim, de que a justiça foi feita, Michael deve estar feliz”, concluiu o também cantor.

Eu não sei que alivio é este, pois no julgamento foram tantas contradições que até agora eu não sei o que aconteceu, muito menos o que o matou e quem o matou.

O documentário do médico é um caso parte, onde ele insiste em dizer que é inocente e não matou ninguém…

Então, quem morreu naquele dia? Alguém viu o corpo?

Lyllyan

Fonte: O Fuxico