Olá,

Michael Jackson fazia uso do propofol, anestésico que acabaria por matá-lo, pelo menos desde 1999.

A afirmação é de um ex-assistente e ex-manager de Michael Jackson, Frank Cascio, em “My Friend Michael: An Ordinary Friendship with an Extraordinary Man” (meu amigo Michael: uma amizade comum com um homem fora do comum). O livro estará à venda nos EUA a partir de terça (15).

Cascio, que conheceu o astro aos cinco anos e conviveu com ele toda a vida, narra que viu Michael Jackson usar o anestésico durante a turnê de “HIStory”, após um acidente no qual uma plataforma elevada sobre a qual estava o cantor despencou, durante uma apresentação em Munique (Alemanha).

Na última segunda-feira, dia 7, o médico Dr. Conrad Murray foi condenado pela morte de Michael Jackson. A Promotoria considerou que as ações de Dr. Murray, que administrou propofol a Michael Jackson, e sua negligência foram determinantes na morte do cantor. A defesa sustentou que o artista era viciado e tomou uma dose mortal de propofol quando o médico estava ausente.

A pena de Murray, que pode pegar até quatro anos de prisão, deve ser conhecida no próximo dia 29.

Não acreditei que Michael Jackson utilizava propofol desde está época não…

Lyllyan

Fonte: Folha On-line