Olá,

O médico Dr. Conrad Murray, acusado de homicídio culposo pela morte de Michael Jackson, não vai testemunhar durante o julgamento. A defesa acaba de confirmar a informação ao site TMZ

1101_conrad_bn

Os advogados de defesa – Ed Chernoff e Michael Flanagan – chegaram a esta decisão após alguma discordância. Segundo o TMZ, eles estavam divididos entre deixar ou não o réu depor.

Segundo fontes do site, Ed Chernoff não queria que Murray depusesse, temendo que fosse crucificado pela promotoria. Já Michael Flanagan preferia o oposto.

Conrad Murray afirmou nesta terça-feira que decidiu não depor em sua própria defesa, durante o julgamento no qual é acusado de homicídio culposo.

“Minha decisão é a de que não vou depor sobre este assunto”, disse ao juiz Michael Pastor, durante um intervalo no julgamento que ocorre na Suprema Corte de Los Angeles, e que deve ser encerrado nos próximos dias.

contradicoes-marcam-julgamento-de-medico-de-michael-jackson

dr-conrad-murray-nao-ira-depor-no-julgamento

Decisão mais acertada!!!

Lyllyan

Fonte: EGO Notícias e TMZ