Olá,

Os jurados no julgamento de Conrad Murray, médico acusado do homicídio não intencional de Michael Jackson, começaram a ouvir, nesta sexta-feira (07/10/11), uma entrevista inédita de Murray, realizada pela polícia de Los Angeles dois dias após a morte do cantor. Nela, o cardiologista conta que o astro era incapaz de dormir de forma natural, e relata como administrou nele os anestésicos às vésperas de sua morte.

Para assistir ao julgamento ao vivo, clique aqui:

Esta é a primeira vez que a fita é tocada; nem sua transcrição havia sido divulgada anteriormente.

Nos trechos já exibidos, o médico conta aos detetives que tratou Michael Jackson pela primeira vez em 2006, em Las Vegas, quando o cantor e seus filhos sofreram de uma gripe – “eles tossiam e se sentiam desidratados”, disse.

O júri entrou em recesso logo após o trecho em que Murray conta como o assistente pessoal de Michael Jackson entrou em contato com ele pois o cantor queria sua companhia para os shows de Londres – eles não se viam “há algum tempo”, segundo o médico.

A sessão recomeçou às 17h30 (horário de Brasília).

interrogatorio-de-medico-de-michael-jackson-e-exibido-pela-1%c2%ba-vez

Lyllyan

Fonte: TMZ e G1