Olá,

O chefe da segurança de Michael Jackson, Faheem Muhammad, afirma que Prince e a Paris testemunharam o Dr. Conrad Murray tentando desesperadamente resuscitar o pai deles pela manhã quando ele morreu, e foram tirados do quarto.

Para assistir o vídeo, clique aqui:

Muhammad testemunhou que Paris estava “no chão, enrolada e chorando”, e Prince “ficou chocado e, chorava lentamente.”

Muhammad disse que Michael Jackson parecia estar morto quando ele chegou ao local – e quando ele percebeu que Prince e a Paris estavam na porta, logo os levou para baixo.

Muhammad contou que quando ouviu o Dr. Murray perguntando se alguém sabia fazer CPR, logo seus companheiros ouviram e o segurança Alberto Alvarez correu para ajudar.

Uma vez que MJ foi declarado morto, o assistente de MJ,  Michael Amir Williams comentou com ele o pedido do Dr. Murray em esconder os “cremes” e é aí os dois concordaram em não deixar mais o Dr. Murray voltar a casa.

Muhammad também contou que MJ visitava o consultório do Dr. Arnold Klein várias vezes por semana e muitas vezes saiu “um pouco tonto”,  mas nunca explicou o porquê. De acordo com Muhammad, MJ, uma vez lhe disse: “Você deve pensar que estou louco para ir todos os dias no Dr. Klein.”

medico-de-michael-jackson-ligou-desesperado-para-o-assistente-pessoal-do-cantor

Até hoje eu não consigo me conformar como é que é que um Cardiologista não sabe fazer massagem cardíaca… É demais para qualquer pessoa uma coisa desta… Só pode ter comprado o diploma!

Lyllyan

Fonte: TMZ