Olá,

Uma mulher do Reino Unido, viciada em cirurgias plásticas, morreu aos 63 anos após injetar gordura de carne derretida em seu rosto. Ela já tinha feito o procedimento, além de inúmeros outros, diversas vezes, mas nesta ocasião sentiu a face queimando e decidiu ir ao hospital.

Foto Ilustrativa

Lá chegado, os médicos descobriram que ela estava com uma infecção bacteriana nas paredes do cólon. Apesar das inúmeras tentativas dos médicos em salvar a maluca, ela não resistiu a infecção e morreu.

Segundo relatos, seu rosto era grotesco e ela tinha cicatrizes de injeções anteriores. Ela estava obcecada por auto-injeções e há algum tempo vinha fervendo carne bovina e extraindo a gordura derretida para injetar em volta da boca e queixo.

Ainda não se sabe se a infecção foi causada pelas maluquices que ela aprontava para tentar se manter jovem e bonita, mas especialistas alertam sobre os perigos de infecção por bactérias e o ferimento de nervos e vasos sanguíneos, além de diversas outras reações provocadas por “tratamentos estéticos” clandestinos.

As pessoas perderam a noção do certo, do errado e do perigo. Pagou com a vida!

Lyllyan

Fonte: Virgula