Olá,

Em matéria publicada neste domingo (21), pelo jornal Daily Mirror, a publicação afirma que o número de internações em clínicas de reabilitação aumentou no reino unido desde a morte da cantora Amy Winehouse, no último mês de julho.

Amy Winehouse (Getty Images

De acordo com o tabloide, a clínica onde a artista ficou internada cresceu em 25% o número de internos após o dia 23 de julho, data do falecimento da cantora inglesa.

“O telefone não para de tocar desde a morte dela. As pessoas ligam dizendo que não querem terminar como ela”, contou uma enfermeira de uma famosa clínica britânica.

“Este ano tivemos mais internações do que no ano passado e o número tem aumentado mais ainda após a morte da Amy”, confirmou a representante da clínica. 

Ela precisou morrer para outros despertarem para vida.

Lyllyan

Fonte: Virgula