Olá,

Natalia Asveenko, campeã mundial de prender a respiração debaixo d’água, se lançou em um experimento ousado: nadar completamente nua, ao lado das baleias-brancas – também conhecidas como belugas – que habitam as gélidas águas de cerca de -2ºC no Mar Branco, próximo ao Círculo Polar, no noroeste da Rússia.

Campeã mundial de prender a respiração debaixo d'água e nada nua com baleias na Rússia; veja galeria de imagens

Natalia, de 36 anos, diz que pretendia ”comprovar a teoria de que baleias-brancas e golfinhos têm uma espécie de radar que registra as ondas emitidas pelos humanos e ver como isso afeta seu comportamento” e registrar essa experiência em vídeo.

Russa nada nua com baleias em mares gelados; veja mais imagens na galeria

Ela conta que, ao começar a mergulhar completamente despida, sentiu que os animais percebiam a sua vulnerabilidade e procuravam ajudá-la a até mesmo chegar à superfície.

A maioria das espécie respeita o homem, mas o homem não respeita o espaço dos animais ao cometer crueldades.

Lyllyan

Fonte: Folha On-line