Homem do mercado disse que o ‘produto’ era iogurte e se deu mal

O funcionário de um mercado de Albuquerque, no Novo México (EUA), foi preso por oferecer sêmen a clientes do estabelecimento. Ele colocou o líquido numa embalagem e disse que o ‘produto’ era amostra de um novo tipo de iogurte.Só que a história de Anthony Garcia, de 32 anos, não colou. Uma cliente de 28, que estava fazendo compras com a filha, provou e, imediatamente, cuspiu. Desconfiada, ela procurou o gerente, que alegou se tratar de ‘iogurte grego’.

Ao voltar para casa, ela relatou o incidente ao marido. O casal foi ao mercado e chamou a polícia. Análises comprovaram: era mesmo esperma. O empregado foi indiciado por adulteração de alimento e dar falso testemunho a agentes federais. Anthony está preso e aguarda julgamento.

Tomem cuidado,as vezes pensamos que é iogurte,mas na verdade pode ser outro produto,rsrss.

Carol.

Crédito: One Meia Hora.