A suspensão de uma aluna de 15 anos que criou uma comunidade na rede social Facebook para a troca de informações sobre tarefas e provas da escola pH virou caso de polícia no Rio.

Jannah diz que o ambiente era “construtivo“, já que muitas vezes as respostas publicadas por um aluno viravam tema de debate. Ela reconhece, porém, que muitos também usavam a rede social só para copiar trabalhos.

Isso depende de cada um. Eu copiei algumas vezes, com outras palavras, mas, antes do Facebook, eu me reunia com minhas colegas para fazer o dever. A comunidade só facilitou“, diz.De acordo com a mãe da garota, ela foi obrigada a apagar a comunidade,algo que ela nao conseguiu fazer.Para à escola está comunidade foi algo como crime cibernético,causando a prisão de sua mãe.

Bom,será mesmo que precisava causar esse tumulto todo? Por que um garota quis abrir a comunidade para fazer troca de conhecimento.Acredito que sim,essa postura de cópia, seja de cada um e não tinha o porque punir uma aluna desta forma.Acho que à escola foi muito rigida em aplicar essa penalidade.Nem sempre conseguimos ter um bom entendimento somente com professores e precisamos da ajuda de colegas de classe.Infelizmente, rede social tem dado o que falar para muita gente.

Reportagem na intégra.

Foto crédito: Marcos Michael/folhapress.

Carol.