Olá,

O cachorro Pinpoo foi localizado na noite de 16/03/11 após ficar 14 dias desaparecido. Ele havia sumido no aeroporto Salgado Filho, em Porto Alegre, quando deveria ter embarcado para Vitória (ES).

“É ele mesmo. Não precisa de nenhum exame de DNA. Assim que ele me viu, correu ao meu encontro e me deu muitos beijos. Estou muito feliz”, afirmou à Folha a aposentada Nair Flores, 64, dona do cachorro.

Nair disse nesta quinta-feira que agora deve processar a Gollog (serviço de cargas da Gol) pela perda de Pinpoo. “Minha prioridade até agora era localizá-lo, mas agora vou processar a empresa sim. Não quero que mais ninguém passe pelo que passei”, completou.

Pinpoo estava desaparecido desde o último dia 2. De acordo com a Gol, o contêiner onde o cachorro viajaria para Vitória foi inspecionado pela Gollog e pela Infraero e estava em condições adequadas. Porém, durante o transporte para o avião, o animal forçou as grades e fugiu, segundo a companhia área.

O cão foi localizado por um sargento da Brigada Militar, no aeroporto Salgado Filho, em Porto Alegre. “A mulher dele me ligou e falou ‘você pode parar de procurar seu cachorro porque ele está aqui'”, contou Nair.

A dona de Pinpoo afirmou ainda que o cão não aparenta estar com qualquer problema de saúde. Após ser localizado ele bebeu bastante água, passou por dois banhos e já se alimenta normalmente.

Um cachorro semelhante a Pinpoo já tinha sido encontrado no início da semana. Ele tinha a mesma cor de pelo, porte e idade de Pinpoo, mas não tinha reconhecido a aposentada. Mesmo assim, o cachorro passaria por exame de DNA.

Não sei se vocês acompanharam esta história desde o início, mas eu já achava um absurdo estas empresas perderem nossas bagagens e agora passaram a perder as cargas vivas. Detalhe! A empresa não faz nada e fica por isto mesmo.

Sinceramente estas empresas não estão nem ai para seus clientes.

Lyllyan

Fonte: Folha On-line