Olá,

O vocalista do Bon Jovi acusou Steve Jobs e a Apple de serem os responsáveis por matar a indústria musical. Em entrevista ao “The Sunday Times”, Jon Bon Jovi defendeu também os álbuns como obras completas.

“Os jovens de hoje perderam toda a experiência de colocar os fones de ouvido, aumentar o volume, pegar a capa do disco, fechar os olhos e se perder em um álbum”, critica. “[Eles perderam também] a beleza de pegar sua mesada e escolher um disco apenas pela capa sem saber como ele é.”

Bon Jovi prevê que, no futuro, as pessoas vão perceber o erro que a geração atual está cometendo ao privilegiar singles e MP3s. “Pode anotar o que eu digo, a próxima geração vai parar para se perguntar o que foi que aconteceu.”

“Foi uma época mágica. Odeio soar como um velho, mas eu sou. Steve Jobs é pessoalmente responsável por matar a indústria musical”, completa.

Discordo plenamente do pensamento do Bon Jovi. Está certo que, nada substitui a experiência de um disco de vinil, mas culpar o mp3 é burrice.

O que tem matado a indústria musical são as gravadoras/distribuidoras que exigem produção e não qualidade de seus contratados, todas buscam apenas um hit de sucesso para lançamento de um CD e não um CD completo de hit de sucessos.

As gravadoras cobram uma pequena fortuna por um CD de 15 músicas onde apenas uma presta, isto já é motivo de sobra para as pessoas pararem de comprar CD’s.

Steve Jobs apenas legalizou um processo que já acontecia desde a época das fitas k-7.

Bom, Bon Jovi, é melhor você se atualizar sobre a vida de Steve Jobs e seus feitos no mundo tecnológicos…

Lyllyan

Fonte: Folha On-line