Olá,

Quer morar em uma vila ferroviária tombada, com clima ameno e aluguel barato? A Prefeitura de Santo André (na Grande São Paulo) está recebendo propostas para a ocupação de 12 casas no distrito de Paranapiacaba.

Os interessados têm até hoje para apresentar uma proposta de aluguel entre R$ 240 e R$ 460. Os vencedores serão chamados amanhã.

São casas de madeira ou de alvenaria, com área entre 60 m2 e 70 m2. A prefeitura dá incentivos a quem reformar as casas, todas tombadas pelo patrimônio histórico.

As obras devem ser supervisionadas por engenheiros da vila. Além disso, os moradores devem cumprir as exigências presentes em edital disponível na Secretaria de Gestão de Recursos Naturais de Paranapiacaba.

Comprada da extinta RFFSA (Rede Ferroviária Federal) pela prefeitura em 2002, a vila está passando por um processo de “saneamento” e de “consolidação como patrimônio turístico”, conforme afirmou o secretário Eduardo Célio Mendes Jr.

Como a prefeitura não tem verba para manter a vila, quer que ela seja ocupada por pessoas que ajudem a manter esse patrimônio.

“Estamos convidando algumas famílias que participaram de concorrências anteriores a se retirar, pois muitas nunca pagaram aluguel.”

O morador Adalberto Rangel levou dois parentes de Bauru para participar do processo. “O posto de saúde atende na hora, tem guarda municipal por todo lado. A vila está cada vez melhor.”

Uma ótima iniciativa para cuidarem das casas, pois a Prefeitura de Santo André não faz a manutenção delas mesmo estando tombadas. E tomará que os futuros locatários não as tombem de vez… Rs

A região é muito fria, tem neblina e chove bastante, além de você contar com a presença constante dos borrachudos de plantão que sempre dão as boas vindas com suas picadas… Rs

Lyllyan

Fonte: Folha On-line