Olá,

Katy Perry acusou Madonna de usar questões religiosas para criar momentos dramáticos e polêmicos em suas turnês.

Segundo o jornal “The Sun”, a cantora criticou o uso de símbolos religiosos e chamou Madonna de blasfema.

“Para mim, espiritualidade é uma coisa importante e eu não gosto quando as pessoas não levam isso a sério”, disse Katy, que é filha de pastores.

“Eu não entendo quando artistas usam isso, como quando a Madonna subiu em uma cruz para cantar”.

Madonna cantou “crucificada” em uma cruz de espelhos com uma coroa de espinhos na cabeça durante a turnê “Confessions Tour” em 2006.

Nunca passou pela minha cabeça que a Katy Perry fosse  filha de pastores evangélicos, porque pelo  comportamento na mídia, letras das músicas e clipes não condiz com que ela pregar ao criticar Madonna. E como dito popular: “o sujo falando mal do mal lavado”.

E desde o início da carreira de Madonna, ela sempre utilizou símbolos e referência religosas em suas músicas e clipes e não vai ser agora que ela vai mudar ou vai? Vou esperar sentada porque se pudesse esperaria deitada na rede ou na areia da praia! Rs

Lyllyan

Fonte: Folha On-line