Olá,

Segundo informações obtidas pelo TMZ, Michael Jackson submeteu um de seus filhos ao mesmo tratamento médico de risco que acabou matando o próprio pop star.

0112_michael_jackson_blanket_EX_Getty_2

Fontes contaram ao site que Michael Jackson conseguiu convencer um dentista de Las Vegas a colocar o pequeno Blanket, em julho de 2008, sob anestesia por duas horas. O consultório do dentista não tinha permissão para esse tipo de procedimento.

Documentos obtidos pelo TMZ detalham a relação de Michael com o Dr. Mark Tadrissi. Segundo eles, Tadrissi disse ao cantor que não poderia fazer o procedimento em Blanket por não ter permissão, mas Michael não quis saber disso e teria respondido: “Contrate um anestesista e faça a sedação necessária.”

Tadrissi voltou atrás e fez o procedimento em Blanket, que estava com apenas seis anos na época. Um anestesista manteve o garoto sedado por duas horas.

O Conselho de Odontologia soube das ações de Tadrissi depois da morte de Michael e iniciou uma ação disciplinar contra o dentista.

Também foi descoberto que Michael recebeu injeções de Propofol no mesmo local, o que também não é permitido.

Mas o dentista fez um acordo com o conselho em 2010 e foi inocentado das acusações.

O rascunho do relatório da entidade mencionava os tratamentos não permitidos em Blanket e Michael, mas na versão final do documento o nome de Blanket não aparece mais.

Uma fonte contou ao TMZ que o conselho foi pressionado para omitir o nome de Blanket no relatório.

Pronto! Agora também vão dizer que o Blanket é viciado em anestésicos… Quantos consultórios hoje modernos seda o paciente ao realizar qualquer procedimento? Vários! Que eu saiba ninguém aguenta fazer tratamento dentário sem anestesia. Não sabia que havíamos voltado ao tempo das cavernas.

Tem até consultórios que você respirar um tipo de oxigênio e fica sedado durante todo o tratamento…

Lyllyan

Fonte: TMZ