Olá,

Leiam está história e ouçam a voz do Ted, é demais!!!

Ted Williams era mais um sem-abrigo no cruzamento de uma auto-estrada norte-americana. Agora é uma estrela mediática mundial, desde que um repórter do “Columbus Dispatch” o filmou a fazer aquilo que faz melhor: falar para um microfone. A sua voz grave e carismática já lhe rendeu dezenas de ofertas de emprego e de convites para programas de televisão.

Entretanto Williams também já aprimorou o seu aspecto: cortou o cabelo, tomou banho, usa roupas novas e já se sentou em estúdio
Entretanto Williams também já aprimorou o seu aspecto: cortou o cabelo, tomou banho, usa roupas novas e já se sentou em estúdio (Foto: Doral Chenoweth III/MCT).

A vida de Ted Williams transformou-se, literalmente, de um dia para o outro. Ainda há um mês andava com um cartaz apregoando a sua “voz de ouro” nos cruzamentos das auto-estradas do estado do Ohio e agora é convidado do programa Today, em New York.

À sua chegada ao aeroporto de LaGuardia, o frenesim dos media foi tão grande que Ted Williams se recusou a sair do avião. Entrevistas, perguntas, autógrafos… Tudo isto faz parte da vida deste homem que ainda há poucas semanas dormia numa tenda improvisada nas traseiras de uma bomba de gasolina abandonada.

“Sinto-me como a Susan Boyle [a escocesa que fez furor no programa britânico “Britain’s Got Talent”]. Ou como Justin Bieber [o cantor canadiano mais popular do momento]. Estou quase chocado”, afirmou Williams, de 53 anos.

Ted Williams tornou-se conhecido em todo o mundo depois de o repórter Doral Chenoweth III ter filmado um curto vídeo inicial do homem enquanto estava parado num semáforo. O jornalista teve curiosidade em ouvi-lo falar, uma vez Williams empunhava um cartaz dizendo possuir “o dom da voz dado por Deus”.

Instigando-o a dizer umas palavras, Chenoweth gravou Williams a dizer umas frases dignas de um locutor de continuidade, numa voz de barítono extraordinária.

Passada uma semana, o repórter voltou ao mesmo local e fez algumas perguntas ao sem-abrigo, que explicou o seu passado de consumo de drogas e de álcool e assinalando a sua vontade de dar a volta por cima e reclamar a sua vida de volta.

Chenoweth editou o vídeo e colocou-o no Youtube, que rapidamente se tornou viral. Desde que está disponível online já foi visto cerca de 8,5 milhões de vezes.

Foi a partir deste momento que a vida do sem-abrigo começou a melhorar. Recebeu quase de imediato propostas de emprego da MTV, da ESPN e da National Football League.

Ontem, porém, Williams confirmou ao canal Fox 8, em Cleveland, que planejaa aceitar o trabalho na equipe de basquetebol Cleveland Cavaliers, que lhe ofereceu um trabalho de speaker a tempo inteiro e uma casa.

Entretanto Williams também já aprimorou o seu aspecto. Cortou o cabelo, tomou banho e usa roupas novas.

Passado de drogas, álcool e pequenos crimes

Antes de ir parar às ruas de Columbus (a capital do estado do Ohio), Williams esteve preso durante três meses, em 1990, por roubo; e novamente durante dois meses, em 2004, por roubo, falsificação e obstrução à justiça.

O homem foi igualmente acusado de uma série de delitos menores, incluindo abuso de drogas e invasão de propriedade.

O mais recente trabalho de Williams em rádio envolvia a gravação de spots para a WJZA-FM, disse ao “Columbus Dispatch” um antigo colega de trabalho do sem-abrigo que falou sob anonimato, acrescentando que ele foi despedido em 1997, quando a estação foi comprada pela Power 107.5.

“De todas as pessoas com quem eu trabalhei nos últimos 25 anos, ele era o último que eu imaginava que viria a ser famoso. Para falar verdade, estou chocado pelo fato de ele ainda estar vivo, considerando todas as coisas em que estava metido”, disse o mesmo ex-colega.

Mas Williams é o primeiro a admitir o seu passado difícil. “O Diabo levou-me ao Inferno e trouxe-me de volta”, admitiu o agora ex-sem-abrigo em entrevista à rádio WNCI (97.9 FM).

Williams e a sua mulher divorciaram-se em 1998 por causa do seu vício em crack e depois de ele ter tido dois filhos de uma outra mulher, confirmou aos media uma das suas enteadas, Tangela Pullien.

Casado durante quase 17 anos, ele e Patricia Pullien Kirtley tiveram duas filhas, às quais se juntavam outros dois rapazes nascidos fora do casamento e outras duas raparigas, filhas de Patricia.

Que Deus abençoe Doral Chenoweth que o encontrou e pode proporcionar ao Ted Williams um novo rumo em sua vida. Parabéns!!!

Lyllyan

Fonte: Público PT