Olá,

Resultado da audiência de hoje, 29/12/2010.

O promotor do caso de homicídio culposo sobre a morte de Michael Jackson , o qual o Dr. Conrad Murray é o principal suspeito, apenas disse ao TMZ que o caso será retomado em abril/2011, onde os advogados do Dr. Conrad Murray irão argumentar  que Michael Jackson se matou com uma dose fatal de Propofol.

1229_mj_BN_TMZ_02
L.A. County Deputy District Attorney,  adjunto David Walgren disse ao juiz hoje“eu acho que está claro que a defesa está trabalhando sob a teoria de que a vítima, Michael Jackson, se matou.”

Nós quebramos a história … A teoria de Murray é que quando ele saiu do quarto de Michael, no dia que ele morreu para ir ao banheiro, Michael despertou e em um momento de frustração, ele injetou uma enorme dose de propofol em si mesmo.

Walgren disse no tribunal, “Eles não querem dizer isso, mas essa é a direção em que eles estão tomando.”

Como eu disse a audiência não duraram 30 minutos… Também fazer audiência no dia 29/12/10  onde o mundo se prepara para chegada do ano novo é um pouco demais!!! Ainda mais para um “caso tão sério como este”. O jeito é esperar até o feriado de abril em plena Páscoa…

Mas falando sério agora, como é que uma pessoa consegue aplicar em si próprio um anestésico tão poderoso como o Propofol e continuar acordado? Ah para!!! Palhaçada isto!!!

Por outro lado, pensando bem, até que a defesa do Dr. Conrad Murray tem razão, quem forja a própria morte de certa forma se mata, não é não? Rsss

Lyllyan

Fonte: TMZ