Olá,

Leon Walker, de 33 anos, pode ser condenado a até 5 anos de prisão em Rochester Hills (Michigan, EUA) por ter lido um e-mail da esposa sem autorização dela. Detalhe: na mensagem bisbilhotada, Leon descobriu que Clara estava tendo um caso extraconjugal!!!

Após o incidente, Clara pediu o divórcio. Leon contou que tomou a atitude invasiva para proteger os filhos do casal. Para o americano, o caso é um “abuso da Justiça”. A promotora Jessica Cooper classificou Leon como um “hacker, que usou suas habilidades de forma bastante controversa”. O julgamento será em fevereiro.

De acordo com Frederick Lane, advogado especialista em privacidade eletrônica citado pelo Freep.com, cerca de 45% dos divórcios nos EUA envolvem incidentes com e-mail, Facebook e outras ferramentas online.

Isto sim é uma mulher de sorte, traiu e quem é condenado é o marido…  E o que você acha?

Lyllyan

Fonte: O Globo