Olá,

Colaboradora: Eliete Jackson

Até mesmo os famosos passam por situações inusitadas e, nesta segunda-feira, 6, foi Joe Jackson quem protagonizou uma.  Quinze minuitos após chegar à livraria de um shopping em Botafogo, Zona Sul do Rio,o pai de Michael Jackson teve que pedir uma pausa durante sessão de autógrafos do livro “O que realmente aconteceu a Michael Jackson” para poder ir ao banheiro.  

Roberto Teixeira/EGO

Sem cerimônia, Joe levantou da cadeira e foi cortejado por 10 seguranças que seguiram com ele pelos corredores do shopping até o banheiro comum aos clientes. No trajeto, Joe foi reconhecido, ovacionado, mas não parou para fotos. Apenas distribui acenos aos fãs.

Joe, que já passou por São Paulo, ostentava um enorme pigente de ouro no formato do continente africano e com um rubi no centro. Antes de começar a assinar cópias do livro, ele assistiu à performance de um cover do Rei do Pop. Cerca de 100 membros do fã-clube de Michael estavam no local.

O livro discute a teoria da conspiração em torno da morte do cantor e o Brasil foi o primeiro país aonde o livro foi lançado. 

Roberto Teixeira/EGO

Joe Jackson na saída do banheiro: cuidados com a segurança 

Roberto Teixeira/EGO

Joe Jackson e Leonard Rowe, co-autor do livro

Fonte: G1