A cantora ainda não é possível chegar a termos com o fato de que o ídolo de sua juventude foi para sempre.


Em sua juventude, Michael Jackson foi a meu cantor favorito – Ciara reconheceu. A cantora lamenta que não houve oportunidade de se encontrar pessoalmente com o rei do pop. – Falei com ele apenas por telefone. Eu ainda estou devastada que ele nos deixou,é inacreditável. 

Ciara também revelou que há algum tempo, investiga os segredos do negócio de arte.  A cantora particularmente impressionada com o livro, intitulado “48 Leis do Poder”, de Robert Greene. 

Este trabalho, que lhe ensina, entre outras boas tomadas de decisão,explica a cantora.Permite-lhe compreender certos comportamentos das pessoas. É muito útil nos negócios. Acho que para alguém como eu de um lado do artista, o empresário sobre outros isso é particularmente importante.Traçando metas ambiciosas que eu quero alcançar. 

Fonte: cgm.pl
Kelinha.