Kobe Bryant diz que Michael Jackson foi seu mentor, por meio da música


Colaboradoras : Eliete Jackson & Anele

Kobe Bryant sempre foi comparado a Michael Jordan como o próximo ídolo após a aposentadoria do lendário campeão pelo Chicago Bulls. Mas não é este Michael do basquete quem o armador do Los Angeles Lakers cita como mentor de sua carreira. É o da música: Michael Jackson.

“Soa esquisito, eu acho, mas é verdade: para a minha preparação para jogar, eu tive como mentor Michael Jackson”, afirmou Kobe, em entrevista ao Yahoo! Sports. “Ele me deu uma mentalidade que não é do esporte. Não é de Michael Jordan. É de Michael Jackson.”

O contato entre Jackson e Bryant ocorreu pelo músico. À época, o jogador era apenas um novato de 18 anos, mas com um grande peso nas costas em tentar ser um novo ídolo no poderoso Los Angeles Lakers, passando direto do colégio para a NBA, sem passar pela universidade.

“Ele percebeu que eu estava enfrentando uma pressão muito grande por ser diferente”, disse o pentacampeão da NBA (de 2000 a 2002, 2009 e 2010). Depois do contato por telefone, Kobe teve horas de conversas com Michael Jackson, incluindo passeios pelo famoso rancho NeverlandMichael Jackson não é especialista em basquete, mas seus conselhos mencionando a própria experiência com a música bateram com o que o jovem precisava.

“Ele sempre me falava em como escrevia sua música, como se preparava para seus shows”, contou. “Ele me ensinava como fazia: como compôs o ‘Thriller’, o ‘Bad’, todos os detalhes. Era tudo o que eu precisava ouvir para saber que tinha de focar em minhas habilidades e nunca hesitar. Ele me ajudou a atingir um outro nível, em que consegui três títulos ao lado de Shaq (Shaquille O’Neal) por causa da minha preparação, do meu estudo. E isso só cresceu.”

Hoje aos 32 anos, sendo 15 de Lakers, o armador revela que ainda vai em busca de vídeos de seus rivais para estudar seus movimentos e saber como pode fazer para ser cestinha de mais um jogo, em busca do hexacampeonato. Mesmo que já veja a aposentadoria se aproximar.“Está chegando muito perto. Eu já posso ver a luz no fim do túnel”, brinca Bryant, que afirma que não vai desistir de perseguir quantos títulos puder.

“Sim, você tem de vencer. Eu era um grande talento individual, mas não era confortável quando não conseguia ser campeão. Eu queria mais”, disse ele, exemplificando. “Michael (Jordan) não era Michael até ser campeão. É simples assim.”

Fonte: Eporte UOL.

Anúncios
    • anele
    • 26 de novembro de 2010

    Só acho q ele deu uma erradinha ai, Michael não compos Thriller, mas tudo bem, o q vale é essa admiração pelo Michael, lindas palavras dele.

      • Stéfany
      • 26 de novembro de 2010

      Oi Anele, acho que ele se referiu ao álbum não a música.
      bjs

    • thaisc
    • 25 de novembro de 2010

    aah eu lembro dele, ele fez um ‘discurso no funeral :’)

  1. No trackbacks yet.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: