Olá,

Para “homenagear” as vítimas do atentado de 11 de setembro ao World Trade Center em Nova York, foram acesas duas torres de luz. Mas a iluminação atrapalhou a rota de migração de 10 mil aves, que ficaram presas nos raios de luz.

As luzes que saíam do Ground Zero, memorial onde ficavam as torres gêmeas antes do atentado, não são as únicas a atrapalhar os pássaros. Qualquer prédio muito alto e iluminado pode desorientar os animais, ainda mais em Nova York, que fica em no meio de uma grande rota de migração de aves. Tanto é que prédios como o Empire State Building, o Chrysler Building e o Rockefeller Center apagam ou mascaram suas luzes durante a época de migração.

Quando perceberam que muitos pássaros ficaram presos, a iluminação foi desligada cinco vezes por 20 minutos, permitindo que os animais seguissem seu rumo. As luzes em si não causam nenhum problema às aves, mas elas acabam gastando energia e perdendo um tempo precioso para chegar ao destino, o que pode acabar matando as pobrezinhas.

Agora só falta os americanos se preocuparem com os imigrantes mexicanos igual se preocuparam com as aves migratórias – que são protegidas por uma lei federal.

Esse vídeo aqui em baixo mostra um pouco dos pássaros presos na homenagem. O vídeo original foi publicado pelo usuário CelluloidGlory.

A sensação que eu tive ao assistir este vídeo, foi que, os pássaros ficaram presos ali não por ser uma rota migratória ou pelo raio de luz e sim ficaram presos ali como fossem cada vítima que morreu por causa daquele atentado estúpido. Onde nada se resolveu e as pessoas continuam morrendo por causa de certos líderes incompetentes que querem tomar conta do país do outro…

Lyllyan

Fonte: Virgula