Olá,

Viúva com crianças de nove, dez e 13 anos jogava Small World quase sem parar.

Divulgação
 

Tela do jogo Small World; viúva com três filhos chegou a dormir só duas horas por dia para disputar um lugar no mundo virtual.

Uma mulher do Reino Unido tão obcecada por um jogo de computador que deixou os filhos comendo feijão em lata frio teve sua sentença de prisão suspensa, mas foi proibida de usar computadores.

A mulher também deixou um pastor alemão e seus outros cachorros morrerem de fome, a ponto de apodrecerem na sala de jantar por dois meses enquanto jogava Small World (Mundo Pequeno, em tradução livre) na internet, quase sem parar.

Depois de serem alertadas por um vizinho, as autoridades sanitárias e a polícia entraram na casa e descobriram toda a sujeira e o mau estado do lugar. 

As crianças não tinham comido qualquer tipo de alimento cozido e foram forçadas a comer o feijão enlatado frio direto da lata com as mãos, revelou o jornal inglês Telegraph nesta segunda-feira (13).

A viúva de 33 anos, que não pode ser identificada, admitiu três sido acusada três vezes por maus-tratos infantis e duas por negligência contra animais. As crianças, de nove, dez e 13 anos, foram maltratadas por seis meses.

Deepak Kapur, o promotor do caso, disse que quando os policiais chegaram à casa da família em Swanley, no condado de Kent, em fevereiro, a mulher lhes disse que a casa estava um pouco bagunçada.

Eles viram lixo espalhado por todo o chão em todos os cômodos da casa, a comida estava embolorada, cercada por um enxame de moscas. O banheiro estava nojento.

A mulher tentou impedir as autoridades de entrar na sala de jantar. Quando eles perguntaram o motivo ela disse que “os cachorros estavam lá, mortos” porque os tinha matado.

A viúva disse que provavelmente os deixou morrer de fome porque ficou jogando o videogame todo o tempo. A mulher ficou viciada em um jogo de computador com anões e gigantes – no qual os jogadores disputam a conquista de um mundo virtual incapaz de acomodar todos eles-, depois de ser convidada a jogar por um amigo do Facebook.

No começo, ela jogava apenas uma hora por dia. Mas, desde agosto daquele ano, o jogo virou uma obsessão ao ponto de ela passar a dormir apenas duas horas por noite. Daí em diante, a mulher passou a alimentar os filhos só com comida que não precisava ser cozinhada, como macarrão instantâneo, sanduíches e tortas.

O advogado disse que a mulher foi uma mãe competente e devotada até perder o marido por causa de um ataque cardíaco. A viúva foi condenada a seis meses de cadeia e a prestar 75 horas de serviços comunitários. E proibida de ter animais.

O juiz do caso, Jeremy Carey, proibiu a mulher de ter acesso à internet “para ajudá-la a resistir à tentação de voltar ao mundo virtual”.

Passei com este caso! Como conseguiu perder total noção da vida deste jeito? Coitados dos cachorros e destas crianças o que não sofreram ao lado dela…

Galera!!! Tomem cuidados com o vício na Internet e nos jogos, a qualquer sinal, procure um médico e peça ajuda, não deixem chegar neste estágio acima…

Lyllyan
Fonte: R7