Olá,

O clima seco registrado em municípios do Estado de São Paulo nos últimos dias baixou a umidade nesses locais para cerca de 10%, similar à do deserto do Saara, que oscila entre 10% e 15%.

Na terça-feira, a pior medição foi registrada na estação de Pradópolis, no nordeste do Estado, perto das cidades de Ribeirão Preto e Sertãozinho.

Quando a umidade fica em torno de 12%, a OMS recomenda atividades ao ar livre das 10h às 16h

Quando a umidade fica em torno de 12%, a OMS recomenda atividades ao ar livre das 10h às 16h

A situação de emergência, em que a taxa de umidade relativa do ar é de 12% ou menos, era registrada na terça-feira, 24/08/10 em seis das 27 estações do Instituto Nacional de Meteorologia em diferentes localidades, como Ararinha, Franca, Votuporanga e Barra Bonita. A capital ficou em estado de alerta, com umidade relativa do ar em 16%.

Quando o tempo fica seco assim, a recomendação da OMS (Organização Mundial de Saúde) é evitar aglomerações e interromper qualquer atividade ao ar livre no período entre 10h e 16h. Também crescem os riscos de problemas de saúde como alergias, pneumonia, arritmia cardíaca e até enfarto.

De acordo com a OMS (Organização Mundial da Saúde), com umidade entre 20% e 30%, o local é considerado em estado de atenção. Se baixa para o patamar entre 13% e 20%, há estado de alerta. A região entra em emergência quando o índice fica abaixo dos 12%.

Está muito difícil de respirar nas ruas, haja garganta e narinas.

Lyllyan

Fonte: Band