Olá,

Aqui no blog todo dia tem um monte de spam…

Em 2009, percentual de mensagens indesejadas no mês foi de 89%.
Empresa identificou novo tipo de ataque por meio de chats fakes.

Um relatório divulgado pela empresa de segurança Symantec apontou que os spams representaram 92% das mensagens enviadas por e-mail em julho. Um ano antes, o percentual no mesmo mês foi de 89%.

No estudo, a companhia identificou ainda um novo tipo de ataque focado em chats de e-commerce, que visa a roubar dados pessoais do usuário. “O phishing atua em sessões de chat para fazer com que a página pareça mais autêntica, tentando dar aos consumidores a impressão de que o site fake é interativo”, avisa a Symantec.

No pishing, piratas de computador sugerem que os internautas cliquem em links ou visitem sites maliciosos. Quando seguem a sugestão, as vítimas em potencial infectam seus computadores com programas geralmente desenvolvidos para o roubo de informações financeiras.

Uma boa notícia apontada pelo relatório é que a quantidade de spam contendo ataques desse tipo caiu 5% entre junho e julho deste ano. De forma geral, o número de ataques phishing está em queda, mas os criadores de spams seguem criando novos métodos de aplicar golpes.

Há um ano, Barack Obama e Michael Jackson eram os principais nomes usados em mensagens de spam. No mês passado, a Copa do Mundo assumiu essa posição. Os criminosos utilizaram também um ataque envolvendo o nome da empresa British Petroleum, responsável pelo vazamento de óleo no Golfo do México.

Mantenham-se em alerta!

Lyllyan

Fonte: