Cada van Piaggio Porter carrega um painel solar no teto, quatro scanners a laser, sete câmeras de vídeo, além de equipamentos de GPS e sistemas para o armazenamento de dados

E as novidades não param por aqui. Além de não ter motorista — apenas técnicos vão no carro, para corrigir eventuais falhas —, as vans autônomas são movidas a energia solar. Para emergência, caminhões levam geradores a gasolina.

O VIAC (VisLab Intercontinental Autonomous Challenge), projeto parcialmente criado pelo ERC (Conselho Europeu de Pesquisa), tem como objetivo testar tecnologias inovadoras que possam ser utilizadas em veículos no futuro.

Alberto Broggi, diretor da VisLab e professor da Universidade de Parma, é quem comanda este projeto. Ele afirma que esta expedição é uma excelente oportunidade para descobrir os pontos fracos a serem revistos e corrigidos dentro de um ambiente real.

Dentre as tecnologias que serão testadas estão: sistemas de detecção de pedestres, veículos e de mudança de faixa, planejamento de trajetória, além de dispositivos para uso off-road, como, por exemplo, estimativa de inclinação do terreno.

A VisLab afirma que todos os dados serão compartilhados com outros centros de pesquisa para o estudo conjunto de soluções. Os técnicos estimam que devam ser coletados 100 Terabytes de dados, incluindo as reações dos sistemas aos obstáculos, possíveis falhas, e, até mesmo, a comunicação entre os veículos.

Fonte : O dia.terra.

Kelinha.