Olá,

Colaboradora: Camila

Por: Mulher Pobre

Alguma vez você estava em uma fila de banco, de mercado ou em qualquer outro lugar e que no final o assunto morte de Michael Jackson foi levantado?

Comigo já aconteceu isso diversas vezes!
O que mais ouço das pessoas é que foi muito estranho o caixão fechado no showfuneral.

Para muitas isso é um forte indicio que ele está vivo!

A 5 dias recebi um e-mail, de uma leitora RIP, muito interessante e com autorização da pessoa que enviou vou dividir com vocês as palavras que estão neste e-mail.
A pessoa pediu para que não divulgasse o seu nome. Vou respeitar.

Vamos aos fatos:

Olá MP

Sou uma profissional de vendas e tenho vários contatos diários com pessoas diferenciadas, em sua quase maioria, que vejo pouquíssimas vezes durante a negociação, mas falamos de muitos assuntos, o tema MJ sempre vem à tona, quando a conversa não inicia com a desconfiança de sua farsa, ela acaba assim…
Hoje, um cliente me disse, quando nos despedimos com a promessa de resolver todas as pendências da transação na próxima semana:

– Confio em vc, e não vai dar uma de MJ e se fingir de morta antes de aparecer para o público.
(Um parênteses aqui, é um senhor de uns 70 anos e muito sério, e nos contatos que tivemos, nunca conversou sobre banalidades, sempre falamos sobre os negócios em questão)

Claro que não deixei barato e perguntei:

– O Sr. acredita que ele não morreu… (e pra cutucar mais, levando em conta a idade dele, acrescentei)- assim como o Elvis?
Com ar muito sério, respondeu:

– Elvis provou que morreu, só não viu quem não quis ver. MJ ainda tem que provar que está morto, fez tudo que fez, mas passou um ano e ainda não convenceu. Esse garoto (referindo-se a MJ), sabia que só iriam deixá-lo em paz quando morresse, não era um suicida, mas foi audacioso bastante para anunciar sua morte ao mundo, fingir-se de morto e começar a viver. Brinque com o nome dele, mas não deveria fazer isso. Ele merece essa morte.

– Se ele fingiu a morte, o Sr. não acha que um dia irão encontrá-lo ou ele voltará por livre e espontânea vontade?

– Sinto que pelo seu interesse vc tb tem dúvidas sobre a morte dele e é uma fã.

– Sou sim, há anos, e acho tudo isso muito mal explicado.(falei querendo ouvir mais…rs)

– Que direito tem a Justiça, o FBI ou a Interpol de trazer a tona à liberdade de um ser humano que foi massacrado, injustiçado, caluniado, ameaçado, extorquido e condenado a solidão e a um calvário ainda vivo e com apenas 50 anos de idade?

– Entendo -falei – mas não seria um crime forjar a própria morte?

– Ele não forjou, Michael Jackson morreu oficialmente no dia 25/06/2009. A preparação para esse dia vinha acontecendo há muito tempo, o show em Londres não iria acontecer; o filme era pra ser um filme, já estava pronto; sabendo do estouro de vendas de seus discos, que viriam logo após o anúncio de sua morte, a Sony já estava com os CDs e DVDs prontos, vc não percebeu que dias depois as prateleiras das lojas estavam abarrotadas com toda a obra dele? E isso foi no mundo todo. Já os discos do Jackson’s Five, pela Montonw demoraram mais para chegar. Foi tudo arquitetado, e te digo mais, com o patrocínio da Coca-Cola.

(confesso que aqui quase cai do salto….rs)
Imaginei que ele lesse o seu blog e fosse be.lie.ve, porem me fiz de besta e perguntei:

– Nossa! Como o Sr. Sabe tudo isso? Eu nunca vi nada na tv ou em revistas, na internet tem uns blogs e umas comunidades do orkut que falam sobre isso, mas nunca dei muita atenção (meu nariz cresceu uns 20 cm….rs)

– Não uso Internet, sou do tempo do envelope e selo. A TV não fala diretamente, por receio de ser motivo de chacota. Falar e não provar é cair no ridículo pra quem esta em evidencia. O que estou te falando sei por outras fontes. No dia da solenidade póstumas a ele (para nós showneral), onde tinha um retrato de MJ tinha um emblema da Coca-Cola, eu estava em Los Angeles na época e vi; o anúncio do show de Londres, indiretamente, estava rodeado de Coca-Cola, na verdade, a Pepsi abandonou MJ quando ele mais precisava, a Coca-Cola o acolheu. Vc como fã de MJ deve odiar Pepsi.

Aqui eu disse a ele uma frase que coloquei no seu blog esses dias:
– A única vez que MJ não conseguiu me convencer, foi a tomar Pepsi.

Mas os fãs que ele arrematou para a Pepsi, durante o contrato, foram embora com ele.

Mas que interesse tem a Coca em “financiar” a morte dele? Ele não pode mais pedir para seus fãs tomarem Coca-Cola.

Aqui, novamente, me equilibrei no salto e apóie no carro pra não cair:

– Nunca aconteceu de vc ter ido ao cinema e sair de lá morrendo de vontade de beber uma Coca-Cola bem gelada, comer um lanche ou tomar um sorvete no Mc Donald?

Arrepiada dos pés a cabeça (lembrando da historia do café), disse:
– Sim, mas o que tem a ver?

– Mensagem subliminar. Imagens que passam de maneira relâmpago em frente aos seus olhos, mas que apenas seu subconsciente registra. A Coca e o Mc Donald são os maiores usuários do mundo nesse tipo de publicidade, e agora a Coca-Cola tem a autorização de MJ para usar sua imagem, de maneira indireta, nesse tipo de anuncio (só não desmaiei pq preciso vender esse imóvel…rs). Logo vc vai perceber, como fã de MJ, que qdo vc ver um comercial da Coca-Cola irá se lembrar dele e de uma maneira bem agradável. Entendeu?
– Só mais uma pergunta, não seria mais fácil ele morrer quietinho no canto dele ao invés de anunciar essa turnê? Afinal, ele andava tão esquecido.

– Se ele não tivesse anunciado os shows e gravado o filme dos ensaios, seus fãs ficariam ainda mais desolados, então enquanto seus fãs “olhavam para o palco, esperando a cortina abrir” (aqui eu tive um orgasmo coronário… rs), ele nem foi para o teatro, o filme dele foi uma despedida com pedido de desculpas e as obras inéditas virão por aí, pode esperar, os fãs ainda terão muita coisa de MJ.

– Onde o Sr. conseguiu todas essas informações se não usa Internet?

– De 1993 a 1999 eu morei nos EUA, minha esposa é americana, meu filho estudou e vive lá, ele trabalha na PA do estado da Califórnia. (Percebi um ar de preocupação ou receio nele nesse momento). Esse menino (referindo-se a MJ) foi perseguido pela imprensa mundial, adorado pelos fãs, invejado por muitos, odiado e subornado por vários, a sorte dele é que sempre confiou na Justiça e colaborou com a polícia. Quando pediu pra viver, não podiam negar isso ele.

Mulher Pobre, quando consegui fechar a boca e achar o chão, eu falei:
– Então o Sr. me garante que MJ não morreu?

– Isso te deixaria feliz?

– Claro, pelo menos vou saber que ele anda por aí livre e solto, e quem sabe não fica com saudades do palco e volta.

– Ele não vai voltar. Já tem outro nome, outra aparência e vou te contar uma coisa, ele não estava tão branco como todos imaginam, aquilo tudo era maquiagem, ele tingia de branco o que estava escuro, hoje ele tinge de negro as manchas brancas.

– O Sr está brincando comigo. (falei fazendo uma cara de coitada que nada teve a ver com minha pinta de corretora séria, era a fã vidrada pelo ídolo)

– Provas não posso te dar, só vou te falar uma coisa, meu filho trabalha no PA.

MP, garanto pra vc que ele não leu na Internet, não falou nenhum termo que nós costumamos usar, quando fiz o cadastro desse senhor, há uns 20 dias atrás, perguntei se ele tinha um e-mail, é usual isso, e ele já naquele dia me disse que não usa informática. Por isso descarto a Internet com certeza.
Quando se referiu ao que nós chamamos de Showneral (7/7/09), ele falou sobre cerimônia póstuma, e disse que estava em LA nesse dia, anteriormente ele já havia comentado que tinha familiares lá, pois uma parte do dinheiro para a compra do imóvel, virá dos EUA.
Outro detalhe que é difícil passar pra vc, mas ele me contou tudo isso com muita seriedade, e não é um Sr. aposentado folgadão (rs), ele é bem pé no chão e ativo, é o que nós chamamos de investidor.

Saiu no blog da MP
Créditos e Fonte: http://mulherpobre.com/2010/07/06/nao-precisa-ser-fa-para-achar-estranho-a-morte-de-michael-jackson/#comments