Um grupo de oito policiais brasileiros – entre eles, um especialista em armas e membros da SWAT (a policia americana de armas e táticas especiais) – está na África do Sul desde a última semana para observar as ações da polícia local em relação à Copa do Mundo, visando aplicar algumas delas na segurança do Mundial de 2014, segundo informou o diário sul-africano Sunday Times. O Brasil sediará uma Copa novamente após 64 anos.O chefe da polícia da África do Sul, Chris Ngcobo, recebeu a comitiva de brasileiros, que está hospedada no Worldwide Indoor Soccer Police Association – órgão que trabalha com forças de segurança na Copa do Mundo.

Os brasileiros estão observando aspectos como infraestrutura, tecnologia, implantação das estratégias, uso especializado de armas e técnicas para controle da multidão em situações de tumulto, incêndio e gestão de desastres. Como parte da agenda, os policias brasileiros conheceram Durban e visitaram a escola primária de Northlands, onde a seleção camaronesa treina para o Mundial.

Ao Sunday Times, o major Rodrigo da Silva Dutra declarou que eles estão no país anfitrião desta Copa para aprender as táticas de segurança e garantiu que a África do Sul está bem preparada para a Copa no quesito segurança.

Fonte : Terra.
Kelinha.