Olá,

Colaboradora: Nene Jackson
 

Olha o absurdo que se chega!

Todo presidiário com filhos tem direito a uma bolsa que, a partir de 01/01/2010, é de R$ 798,30 por filho para sustentar a família, já que o coitadinho não pode trabalhar para sustentar os filhos por estar preso. Mais que um salário mínimo que muita gente por aí rala para conseguir manter uma família inteira.

Ou seja, (falando agora no popular para ser entendido): bandido com cinco filhos, além de comandar o crime de dentro das prisões, comer e beber nas costas de quem trabalha e/ou paga impostos, ainda tem direito a receber auxílio reclusão de R$ 3.991,50 da Previdência Social.

Qual pai de família com cinco filhos recebe um salário suado igual ou mesmo um aposentado que trabalhou e contribuiu a vida inteira e ainda tem que se submeter ao fator previdenciário?

Mesmo que seja um auxílio temporário, prisão não é colônia de férias.

Isto é um incentivo à criminalidade nesse país minado por tantos corruptos e ladrões.

O leitor não acredita? Confira no site da Previdência Social. Portaria nº 48, de 12/2/2009, do INSS

Nene Jackson

Fonte: Diário Popular